Como planejar a campanha eleitoral nas redes sociais

Saber como planejar a campanha eleitoral nas redes sociais é de fundamental importância, pois estamos em um universo onde a população busca cada vez mais se informar pela internet, utilizando as mídias sociais como o principal meio de comunicação.

 

Por isso, é muito importante ter um planejamento estratégico de campanha eleitoral para cada uma das mídias que você decida trabalhar para alavancar sua campanha. Afinal, a cada eleição podemos ver as redes sociais como palco para grandes discussões políticas e ataques verbais.

 

Mas, se o planejamento da campanha eleitoral for feito de maneira assertiva, conectado diretamente com o seu público alvo, é possível colher excelentes resultados. Você estará próximo do eleitorado, entendendo as demandas e criando principalmente, uma grande rede de apoio e engajamento.

 

Pensando nisso, a Envisione preparou um artigo para te ajudar a planejar uma campanha eleitoral nas redes sociais de maneira estratégica.

 

 

Vale a pena fazer uma campanha eleitoral das redes sociais?

As redes sociais são as plataformas mais acessadas pelos brasileiros atualmente e estar onde seus eleitores estão, é fundamental na montagem da sua campanha.

 

Além de criar uma relação próxima com as pessoas, você conseguirá saber exatamente o que esperam de você, caso seja eleito. Porém, é muito importante que ao trabalhar o Facebook e o Instagram como canais oficiais, por exemplo, a ilusão de muitos seguidores não seja criada.

 

O importante é ter pessoas que sejam capaz de defenderem suas campanhas e as propostas apresentadas à população. Por isso, invista em maneiras de estar próximo, sempre.

 

 

Estabelecendo objetivos

Apesar de ser um nicho bastante específico, a política nas redes sociais vem ganhando um espaço cada vez maior com o passar dos anos. As pessoas começaram a se conscientizar de que para cobrar algo, precisam estar próximas, acompanhado pessoas que acreditam ser compatíveis com seus ideais. Por isso, tenha objetivos claros.

 

Quais são suas maiores necessidades para começar a gerar buzz nas mídias sociais e começar a trabalhar a campanha de maneira estratégica? Abaixo, selecionamos algumas opções que podem te ajudar neste planejamento, como:

 

  • Captar dados de eleitores
  • Conquistar mais seguidores com o objetivo de se tornarem eleitores
  • Arrecadar verba para a campanha
  • Criar debates construtivos
  • Observar tendências eleitorais
  • Testar campanhas digitais estratégicas

 

 

Gere debates

Muitas divergências de ideias podem ocorrer em uma rede social, seja pela apresentação de uma proposta, um novo ideal ou até mesmo alguma postura que você tenha tido durante a pré-campanha eleitoral.

A maneira ideal de criar um forte engajamento nas redes sociais está em poder criar debates construtivos e ficar realmente disposto a escutar a opinião das pessoas que te acompanham nas redes sociais.

 

Mostre interesse nas coisas que os seus eleitores prezam. Utilize as redes sociais não somente durante a campanha eleitoral, mas durante todo o mandato para que consigam acompanhar todas as melhorias propostas por você, para que, em épocas de eleição, consiga ter resultados maiores nos debates criados.

 

 

 

Planejando a equipe da campanha eleitoral na internet

Criar uma equipe que coordene as redes sociais da campanha é fundamental para ajudar a gerir toda a demanda de resposta de eleitores, engajamento nas redes sociais e principalmente, evitar possíveis problemas com as chamadas “Fake News”.

 

Por isso, construa uma equipe que esteja alinhada com seus valores éticos e que possa transmitir aos seguidores o objetivo da sua candidatura de maneira simples e verdadeira.

 

Também será fundamental dentro deste item, você ter um calendário de postagens para que além de organizar todo o conteúdo que deseja oferecer, consiga trabalhar demandas diferentes em um tempo que julgar necessário.

Regras do TSE

Ao planejar sua campanha eleitoral nas redes sociais, é de suma importância estar atento às regras estabelecidas pelo Tribula Superior Eleitoral (TSE) específicas para as plataformas digitais. Listamos algumas, como:

 

  • Não é permitido o uso de plataformas de anúncio pagas ou que promovem a candidatura do candidato;
  • Os apoiadores dos candidatos podem criar campanhas e conteúdo de divulgação;
  • A propaganda eleitoral é permitida a partir da data determinada pelo TSE ou no momento em que os candidatos ao cargo são definidos, antes desta data pedir votos é proibido;

 

 

Além de todos esses itens, é muito importante criar metas e seguir avaliando todos os pontos. Lembre-se que em um planejamento de campanha eleitoral para as redes sociais, tudo é mutável. Se algo não estiver funcionando de maneira adequada, troque e tente algo diferente.

 

Se você busca alguém para te ajudar com processos burocráticos que envolvam campanhas eleitorais, a Envisione disponibiliza de uma equipe especializada para essas demandas. Clique aqui e fale com nossos analistas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá
Podemos te ajudar ?
Powered by