Gestão Eficaz na Escola Bíblica da Igreja

A Gestão da Escola Bíblica é um ato administrativo que pode ser explicado de forma simples, a administração clássica visava apenas o resultado da produção. Assim a Gestão além de envolver os atos administrativos visa igualmente cuidar das pessoas ou colaboradores que estão inseridos no processo, desta maneira, a gestão é gerir pessoas para alcançar um bem comum que é a produtividade da Empresa ou Instituição.

QUER UM TREINAMENTO SOBRE GESTÃO E CONTABILIDADE NA SUA IGREJA? FALE CONOSCO AGORA MESMO!

 

A EBD deve ser gerida com maior responsabilidade, exercendo com fidelidade e mordomia cristã e a chamada de Deus, uma vocação celestial de um dom ministerial (Ef 4.11). Da mesma forma que o próprio Senhor Jesus aplica ao discipulado a exigência de um planejamento e avaliação dos custos de ser um discípulo:

“Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar?” (Lc 14.28).

Em suma, para liderar um departamento tão importante como é o de EBD, é necessário um planejamento eficaz.

1.As Etapas de um Planejamento para EBD

As etapas podem ser vistas no infográfico ao lado, onde cada etapa do processo é vista de forma lúdica.

  • Identidade Organizacional;
  • Brainstoming;
  • Plano de Ação;
  • Matriz FOFA ou SWOT;
  • Ciclo PDCA;
  • Metas SMART.

 

O Planejamento Estratégico é o processo, pelo qual, as lideranças decidem a rota para alcançar um ou mais objetivos. Assim, definindo os recursos que são necessários, o prazo para alcançar o objetivo, dentro do qual, as metas essenciais para o sucesso do empreendimento. Além disso se faz necessário a elaboração de, um  plano de ação.  Portanto toda organização para sobreviver precisa elaborar metas, sem elas, a médio e longo prazo a organização pode “estagnar”. Depois disso é necessário construir os caminhos que devem ser percorridos.  Ou seja, a palavra plano vem da ideia de ter um mapa de planejamento na guerra, já a palavra estratégia dicionário Michaelis define como: “a arte de dirigir coisas complexas, na Grécia era o plano de ação do general na guerra. Então a gestão se posiciona com o planejamento estratégico.

1.1. Identidade Organizacional

Algo que deve ser respeitado é a identidade da organização, e esta identidade que é a forma de vida e existência dela, como a igreja ou instituição se vê, pela autoconsciência da liderança local e como esta liderança trabalha isto ante os seus membros ou filiados. Portanto, a identidade está ligada a visão da organização, mas é o resultado visível desta, pelo filtro das pessoas que a compõe.

2. Brainstorming

Na segunda etapa, temos dentro do planejamento estratégico o estabelecimento de um brainstorming com a equipe. Ou seja, podemos definir as frentes de trabalho. Entretanto na Pós-modernidade, é comum, a fluidez dos relacionamentos e o acentuado individualismo ao invés de relacionamentos duradouros e a ênfase no grupo, na equipe, no corpo de Cristo, é bem verdade que, absolutamente ninguém faz alguma coisa sozinho, precisamos uns dos outros em colaboração. Além disso verifica-se quais são as prioridades e as possíveis ações a serem tomadas, chega a hora do plano de ação.

3. Plano de Ação

O Plano de ação na gestão da Escola Bíblica precisa de clareza e para isso  aconselha-se o uso de uma ferramenta chamada de 5W2H ou a 5W2H1S, o que vai diferenciar uma da outra é a inserção do 1S, que indica um demonstrativo do resultado obtido, veja o modelo a seguir:

Quer saber mais sobre as próximas etapas de uma gestão eficaz para sua escola dominical? Clique aqui!

Lembre-se o planejamento é essencial para uma igreja ou departamento ter sucesso em seu desempenho e os resultados são visíveis.

Por:

Eliseu Fernandes Gonçalves.

Redator da Envisione Assessoria Contábil.

Autor do livro A Bíblia e a Gestão de Excelência através das ferramentas da Qualidade Total.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá
Podemos te ajudar ?
Powered by